A mulher e o video game


Estava eu pensando em escrever mais um post para a categoria Guerra dos Sexos. Um pensamento leva a outro, e acabei concluindo, de um forma um tanto machista, que mulheres podem ser comparadas a video-games. Como? Vejam:

Sonic: Aquele amor de infância. Você achava que duraria para a vida toda, mas um dia perde a graça e você descobre que há jogos melhores.

[...]: Aquela paixãozinha de adolescente. Você está vidrado nesse jogo, fica o dia inteiro jogando, quando não está jogando, quer ir jogar. Mas quando você consegue entrar no castelo, pega a princesa e, com isso, zera o jogo, não há mais motivos para jogar.

Guitar Hero: Essa é complicada. Você faz de tudo para chegar ao fim e, por consequência, zerar o jogo. Você cria uma coordenação motora maior e aprende a usar seus dedos. Mas, um dia, você percebe que nunca conseguirá ir até o final e deixa o jogo de lado. Talvez, um dia você vá ver esse jogo novamente e queira tentar um single player e nada mais.

E finalmente:

Winning Elleven: Esse é o melhor. Você nunca cansa e sempre aprende algo novo com ele. Se você pudesse ficaria jogando esse jogo a vida inteira e nunca ia querer parar. Não se anime, você nunca vai encontrar uma mulher que se enquadre nessa categoria.

É isso, espero que tenham entendido todas as metáforas.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

SEU COMENTÁRIO É SEMPRE BEM VINDO DESDE QUE:
.Não tenha fins ofensivos
.Não contenha palavras de baixo calão
.Comentarios seguidos de links serão considerados SPAM!

OS COMENTARIOS SÃO PESSOAIS E NÃO INFLUENCIAM NA OPINIÃO DO BLOG!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...