As 7 maldições do Filme "O Exorcista"


O filme foi lançado em 1973, mas até hoje "The Exorcist" desperta medo, curiosidade e polêmica entre as pessoas. Relatos assustadores sobre o filme são contado até hoje. Alguns são fatos, outros boatos. Veja:



O maior mito do filme está em torno da atriz Linda Blair (que interpretou Regan, a menina com o demônio no corpo no primeiro filme), dizem que ela ficou louca ou morreu, o que é uma grande mentira. Linda Blair tem uma carreira bem sucedida como atriz, e até o presente momento já participou de mais de 68 produções.





Passamos agora ao que interessa: As 7 maldições de O Exorcista (1973)

1. Queima senhor
O set onde o filme foi filmado pegou fogo em um fim de semana deixando as gravações paradas por 5 semanas. Carpetes e paredes foram totalmente estragados. Os spriklers foram acionados, mas não adiantou: o fogo conseguiu estragar tudo com exceção do quarto onde a maioria das cenas foram gravadas.


2. A primeira morte
O ator Jack MacGowran é o primeiro a morrer na história, despencando de uma tenebrosa escadaria. Uma semana após terminar de gravar MacGowran morreu mesmo. Dizem que foi vítima de pneumonia.

3. Azar contagiante
Muitas "tragédias" ocorreram com o "amigo do amigo do amigo". O ator Max von Sydow, o padre Merrin, mal começou a gravar quando soube que seu irmão havia morrrido. A esposa grávida de um assistente de câmera perdeu o bebê. E por aí vai...




4. Equipe dos diabos
A equipe técnica sofreu horrores durante a produção. O homem que refrigerava o quarto onde aconteceu as cenas de possessão morreu de maneira inexplicável. Um vigia noturno que cuidava dos cenários foi morto a tiros durante uma madrugada. Um carpinteiro cortou o polegar fora. Outro serou o dedão do pé. Imprudência no trabalho? Não, culpa do diabo!

5. Puxada infernal
A atriz Ellen Burstyn, que fazia a mãe da garotinha endiabrada, sofreu uma grave lesão na cena em que é atirada para longe pela filha. A culpa é tanto do demônio quanto do diretor Willian Friedkin, que instrui o técnico responsável por puxá-la com a corda a "dar tudo de si"

6. Dublagem maldita
A atriz Mercedes McCambrige ingeriu ovos crus, fumou igual uma chaminé e fez o diabo pra ficar com a voz rouca e demoníaca da meninha possuída. Mas os produtores "esqueceram" de colocar o nome dela nos letreiros do filme. A atriz processou o estúdio.

7. Vingança musical
O argentino Lalo Schifrin compôs uma trilha sinistra para O Exorcista, mas o diretor Friedkin achou o trabalho muito... chinfrim. Preferiu então usar o tema de piano já pronto ("Tubular Bells"). Schifrin vendeu a trilha rejeitada para o filme "A Casa do horror" (1979). Resultado: recebeu indicações ao Oscar e ao Globo de Ouro, coisa rara para um filme de terror!

fonte:http://www.fazmerir.com/2009/03/as-7-maldicoes-de-o-exorcista.html





Nenhum comentário :

Postar um comentário

SEU COMENTÁRIO É SEMPRE BEM VINDO DESDE QUE:
.Não tenha fins ofensivos
.Não contenha palavras de baixo calão
.Comentarios seguidos de links serão considerados SPAM!

OS COMENTARIOS SÃO PESSOAIS E NÃO INFLUENCIAM NA OPINIÃO DO BLOG!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...